A Águia e a Galinha

Um camponês criou um filhote de águia junto com suas galinhas, tratando-o da mesma maneira que tratava as galinhas, de modo que ela pensasse que também era uma galinha: dava-lhe a mesma comida jogada ao chão, a mesma água num bebedouro junto ao solo de tal modo que ela tinha de ciscar.

 A águia, logicamente, passou a se comportar como se galinha fosse. Certo dia passou em sua casa um naturalista. Diante da águia a ciscar o terreiro, interpelou o camponês:

- Isto não é uma galinha, é uma águia!

O camponês retrucou:

- Agora ela não e mais uma águia, agora é uma galinha!

O naturalista disse:

Amanhã, veremos.

Dia seguinte, logo pela manhã, subiram até o alto de uma montanha levando a águia. O naturalista levantou a grande ave acima de sua cabeça e disse:

- Águia, veja o horizonte, veja o sol lá em cima e os campos verdes lá embaixo. Todas essas nuvens podem ser suas. Desperte para sua natureza e voe como águia que é.

A águia maravilhou-se com a beleza das coisas que nunca tinha visto. Ficou um pouco confusa, no início, sem entender o porquê tinha ficado tanto tempo alienada. Aos poucos, deu-se conta do sangue que lhe corria nas veias, alinhando suas imensas asas e partiu num voo lindo, até que desapareceu no horizonte azul.



Sejamos como a Águia. Para voarmos alto em nossas vidas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Nossa energia

Eu sou o que sou