Água da chuva pode ser aproveitada

A maioria das pessoas acostumou-se a ver as chuvas apenas como transtorno. O que muitos não sabem é que toda essa água pode ser aproveitada em beneficio da população. Hoje já existem mecanismo capazes de preservar ou utilizar a água da chuva. E o aproveitamento para fins não potáveis surge como uma boa alternativa para estabelecimentos industriais, comerciais ou mesmo para residências.

Em Portugal, por exemplo, o parlamento recomendou que o governo instale estruturas nos edifícios públicos para armazenar a água da chuva, como já acontece em vários países da Europa. No Brasil, o Palácio Iguaçu, no Paraná, foi reformado e já pronto para que o mesmo seja feito no prédio.

Segundo a engenheira Thais Helena na Martinetti, essa providência pode contribuir para a redução das enchentes nas cidades, porque se for utilizada em larga escala é capaz de reter grande quantidade de água, evitando o transbordamento dos rios.


Existe uma lei em vigor no Brasil que regulamento o aproveitamento de água pluvial, como descargas de bacias sanitários, irrigação de gramados e plantas ornamentais, lavagem de veículos, limpeza de calçadas e ruas, limpezas de pátios, espelhos d`água e uso industrial.


Para que se possa beber essa água, Ministério da Saúde exige que seja cumprido um atender aos padrões estabelecidos pelo órgão em relação ao controle e à vigilância de sua qualidade para consumo humano.


No sistema de captação de água da chuva, a coleta é feita a partir do telhado por meio de calhas e transportada por

condutores até o dispositivo por de filtragem para, então, entrar e acumular no cisterna – reservatório de armazenamento de água pluvial que abastece um reservatório superior e que, por sistema de bombeamento, provê o abastecimento na habitação.

Os reservatórios devem ser instalados de forma a evitar a entrada de luz solar em seu interior e reabastecimento com água de outra fonte em períodos de estiagem. É aconselhável que não sejam feitas conexões diretas do sistema com rede de água potável. Para que as condições permaneçam satisfatórias, deve-se evitar turbulências no interior dos reservatórios, colocar cloro na água reservada sempre que necessário ( em média um vez por mês ) e realizar limpeza anual dorecipiente.

Comentários

  1. O Governo está mais preocupado em esconder os ladrões do partido e oferecer aulas de educação sexual nas escolas...
    Um povo sem educação não sabe reaproveitar nada...Estamos à deriva...

    ResponderExcluir
  2. Isso poderia ajudar tanta gente, mas tem pessoas que como sempre estão olhando para o próprio umbigo tem dificuldade de olhar o problemas de tantas outras pessoas podendo ajudar. Adorei o blog, seguindo. Me segue tb http://nemsempreindiferente.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Nossa energia

Eu sou o que sou

O voo do rato